quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Negação da morte

Trecho do livro A negação da morte, de Ernest Becker:

“O homem está literalmente dividido em dois: tem consciência de sua esplêndida e ímpar situação de destaque na natureza, dotado de uma dominadora majestade, e no entanto retorna ao interior da terra, uns sete palmos, para cega e mudamente apodrecer e desaparecer para sempre. Estar num dilema desses e conviver com ele é assustador (...) Têm razão, absoluta razão, aqueles que acham que uma plena compreensão da condição humana levaria o homem à loucura”

Uma explicação do por que precisamos de ilusão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário